3 de agosto de 2011

ATÉ UM DIA AVOZINHA...

OLHAR TERNO

MEIGO, SIMPLES E HUMILDE

É O ESPELHO DE UMA MULHER

QUE NO TEU ROSTO

CARREGAS AS MARCAS

DE UMA VIDA CHEIA DE SACRIFICIOS,

SORRINDO PARA ELA,

MESMO QUE ESTA

NÃO TENHA SIDO O SUFICIENTE

SORRIDENTE PARA TI…

ATÉ UM DIA AVOZINHA

4 comentários:

emanuel disse...

Sei que neste momento difícil as palavras pouco confortam.
Fica o meu abraço bem apertado e as minhas sentidas condolências a toda a familia.

Pinto Gonçalves disse...

Esta vida é uma viagem muito curta...
Mas apesar de termos consciência disso, quando perdemos alguém próximo, sentimos o aperto na garganta e uma saudade imensa...
Conforta-nos, no entanto a crença (fé) de que um dia nos reuniremos de novo aos entes queridos...
Os meus pêsames Carlos Zé!...

kika disse...

Adoro-TE avó

Anónimo disse...

E em momentos como este que damos mais valor a palavra SAUDADE.A dor vai passando mas na memoria fica sempre aquela recordacao de alguem que nos e querido.A tua AVO esteja ela onde estiver estara sempre a olhar para ti sempre comum sorriso nos labios.

A SAUDADE e ferida que doi sem se ver mas que deixa marcas profundas que so o tempo pode curar.